segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Trovoada

Poucos minutos atrás, eu olhei pela janela de meu quarto. E então um relâmpago iluminou toda aquela paisagem lá fora. Foi uma explosão de luz, iluminando desde meus olhos até minha alma. Esse relâmpago, foi como todas as minhas memórias invadindo minha visão em um minuto. Tudo que passei pela minha vida, todas as vitórias, todas as derrotas. Todos os amores e todos os ódios. todas as angústias e todas as felicidades. Logo vi o meu amor por você, escrito numa rocha que há perto de meu coração. Lá estava esculpido exatamente o formato do amor. Eu caminhei até, e toquei a escultura. Lembro de como se fosse ontem, sentir o frio na barriga, o coração acelerado e aquela enorme vontade de sorrir, por saber que é você quem eu amo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário