terça-feira, 16 de novembro de 2010

Verão, Pranchas, Ondas.


Olhei pelo portão principal  da empresa onde trabalho, e vi aquele céu bem cinza com um dia abafado de verão. Senti aquela umidade nos meus braços e pensei logo que iria cair pancadas de chuva ao longo do meu dia. Agora mesmo refleti sobre os dias de verão, em que eram férias do colegial. Eu (Víctor) meu irmão (Guilherme) e meu primo (Nícolas) pegavamos nossas pranchas e saíamos correndo pela rua de alsfalto que saia em direção a praia. Corriamos feito loucos, com um sorriso no rosto pensando nas ondas que pegariamos, falavamos muitos palavrões, nossos corações ficavam acelerados, e a ultima coisa que queriamos era que o surf acabasse. Belos dias de infância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário