terça-feira, 30 de novembro de 2010

Realidades de um Laboratório Municipal

Dicionário Municipal

Displicente/displicencia. - nêguin que não tá nem aí.
VORAZ/VORACIDADE. - fodêz/ potencial de fodice
VADIALISTICAS. - coisas que tendem a vadiagem
UUUUUUUUUUUT. - comemoração/alegria/zuação da rapazes
QUEEEEEEEEEENTE. - típico ricardão.
DEMOROW. - só se for agora.
VIAJOW. - vacilou
FECHOW. - é nóis
FRITOW. - fritou. rs
JOGA NA HANDZ. - joga na roda/pões na roda/joga na minha
TA NA HANDZ. - ta na minha/tá fácin facin
FILHODAPUTA - o nome já diz tudo.

Logo mais significados.
AHAHA

@ultimocopo

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

feliz por acreditar.



Feliz por estar aqui.
Muito longe de alguém que me quer tão bem.
Feliz por fugir, feliz por dizer tudo aquilo que eu não pude viver.
Feliz por fugir, feliz por acreditar.
Não ter certeza alguma pra provar
Me machucar, fazer lembrar.
Feliz, infeliz


Feliz - Noção de Nada

A Velha Escola



Sinto saudades de um tempo em que eu tenho certeza, que eu vivi.
Juventude, Empolgação, Skate, Piscinas vazias, Blues, Fotógrafos, Cachorros. O verdadeiro espírito de jovens que faziam Skate de coração.

in lonving memory of Dogtown.

Véspera

Remember that day.

lágrimas



"Minha mãe me disse que as vezes as pessoas tem que chorar todas as suas lágrimas, para dar espaço para um coração cheio de sorrisos"

achei essa foto no QueroSerJapaSujo.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

ausência

 ausência de tudo isso me faz pensar no quanto eramos completos. hoje vagamente senti uma felicidade, como se de longe pudesse ver que você soltou um sorriso. não importa o motivoele me alimentou,talvez uma ultima vez, não sei. Já não vivo mais em função do queantes estava me destruindo. estou procuando minhas peças do quebra-cabeça nas dificuldades do meu dia-a-dia. estou procurando minha alegria nas coisas pequenas, e encontrandoprazer onde nunca vi. não é tão ruim. mas confesso, ~que não precisaria ser assim.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Born And Raised



Você deve estar perguntando: PORQUE UMA MULHER GRÁVIDA? (e porque ela está pelada? RISOS)
enfim. Há nove meses que eu escrevo por aqui. Tempo e uma gestação. Lembrei de gestação porqu elembrei de filhos. Lembrei de filhos porque lembrei que meu desejo é um dia ser um ótimo pai. Lembrei disso porque eu escrevi um post chamado "Minha WISHLIST". e fui lembrando e lembrando que meu blog dia 21 de Novembro de 2010 fez 9 meses de vida.
Uma incrivel gestação, desde a formação de meus intelectos até a expansão de minha criatividade. Formei um corpo, imaterial, mas que sabe expressar. Palavras, não sei se agradam, mas é o meu jeito de apreciar os meus sentimentos. Tranformando em um belo poema ou um desabafo por extenso. Foi uma grande experiência, com críticas a bessa, e depois um mar de elogios. Este blog é uma peça rara em minha vida. Cada post, Cada palavra, Cada foto que tem aqui, eu lembreo certinho o que significa em minhas lembranças.

@ultimocopo.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Madrugada a dentro.

Eu há tempos atrás me via escravo de minhas ilusões. Não conseguia perceber o óbvio, me amargurando por um impossível que não existe. Meu coração sempre tão frio e triste, sem perceber que pessoas ao meu redor gostavam tanto de minha presença, humilde, simples, calada, MAS que completava tais pessoas. Eu me deixei levar pelo mar do arrependimento, de ter entregue meu coração a pessoas que não leram seu manual de instrução. Logo então julguei atitudes, vi com maus olhos e depois tornei ao arrependimento. Tempos e tempos passam, aprendizado que tive sozinho foi a me manter de pé enquanto meu coração por ninguém batia. Um ano agitado, até que tive minhas dúvidas, tive meus cálculos. Equações onde duas incógnitas nunca foram tão lógicas. Me entreguei então a um amor desconhecido, que me trazia felicidade e prazer. Devo confessar que a felicidade ainda está gravada em mim. Mas eu morei em outra cidade, preciso mudar meus costumes, preciso mudar meu sotaque, preciso arrumar um emprego dentro deste coração. Mas nada foi cobrado, não senti insegurança muito menos insatisfação. Mas como pode? será mesmo que eu sempre fui suficiente? será mesmo que eu não precisei me esforçar tanto? Tinha o poder comigo e contigo. Não podemos dizer quem era mais poderoso. Talvez pela sua falta de exigência de mim, eu te cobrei tanto. Talvez por eu querer ser mais, eu cobrei tanto de você. ME ENSINA. Me leva aos lugares que tem mais de você. Me cobre, me ligue e diga que quer fazer isso, aquilo, assim e assado. Preciso ser naturalizado a sua cidade. Eu não peguei minhas malas e fui a um lugar onde tinha certeza do que me esperava. Eu preciso aprender, eu preciso de um professor. As vezes eu preciso sofrer pra aprender o que você quer. Hoje os muros de minha casa estão altos. meus portões estão fechados. estou a espera da primeira fresta do portão a se abrir. Primeiro raio de luz, será alimento pra mim. Primeira esperança de retornar aí, e aprender que a vida não é tão fácil. A vida é feita de surpresas, boas ou ruins, são surpresas que precisamos ter. Que precisamos passar. Não sou perfeito, mas eu quero você.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Te sentir

é algo extremamente inimaginável. Tempos e tempos se passaram desde minhas experiências, desde meus aprendizados. Nada é tão bom quanto sentir a pele quente, de quem te satisfaz, tocando em meu rosto, em meu corpo. É tudo tão simples, e ao mesmo tempo tão perfeito. Não necessito de luxo, de fama, muito menos de inveja. Eu necessito da presença e da simplicidade de um amor tão bom, com o poder de me reviver todos os dias. um amor capaz de me fazer correr atrás de objetivos, que me faça querer evoluir e melhorar. qu me faça querer mudar, ou até fazer o circo pegar fogo, pra então te agradar. Não sei se as minhas palavras são essenciais, mas a unica forma de expressar parte do que é, são minhas humildes palavras.

Desturição em massa da sua massa


Armas de destruição em massa. Industria bélica faturando com algo que é pouco utilizado. Afinal as bombas atômicas, nucleares, intracelulares, como quer chamar, são feitas para destruir o mundo? ou destruir o seu mundo? Pode parecer ridículo, mas muitos falam que os EUA possuem um botão vermelho, é só ameaçar e KABOOM! o que era gente virou pó. Seria capáz um país tão dinheirita destruir seus clientes?
enfim estou falando asneiras já.

Preciso de uma explosão nuclear intemolecular multicapacitada dos meus neurônios radioativos.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

POWER


Young man, the power is in your hand.

Youth - Matisyahu

Talking Fucking Hearts


Talking Hearts é um blog, ou melhor um Tumblr que EU fiz com intuito de postar todas as músicas dos artistas que eu gosto. Os posts se resumem em trechos de músicas, com fotos dos vocalistas, guitarristas, baixistas e bateristas que eu mais adimiro nas bandas. É um projeto novo, talvez não será só de músicas, mas de pessoas que tenhas style foda, que tenham ideais fodas, que fazem coisas fodas e tudo mais. Espero que gostem deste trabalho.

este é o link: http://talkinghearts.tumblr.com/

terça-feira, 16 de novembro de 2010

a chuva também me lembra você

Minutos olhando aquele aglomero de gotas de água caindo, senti um frio umido subindo pelos meus braços. Senti então nos meus braços a solidão, senti a falta de que sua mão faz na minha, esquentando suas palmas e entrelaçando meus dedos. Me sinto mal as vezes pelas situações delicadas que acontecem, mas tento não pensar muito. Procuro ter pensamentos e energias positivas, pra quando nos encontrarmos novamente, nossos corpos estejam em sintonias iguais, boas, perfeitas para fabricar e distribuir a felicidade de estarmos juntos.

Verão, Pranchas, Ondas.


Olhei pelo portão principal  da empresa onde trabalho, e vi aquele céu bem cinza com um dia abafado de verão. Senti aquela umidade nos meus braços e pensei logo que iria cair pancadas de chuva ao longo do meu dia. Agora mesmo refleti sobre os dias de verão, em que eram férias do colegial. Eu (Víctor) meu irmão (Guilherme) e meu primo (Nícolas) pegavamos nossas pranchas e saíamos correndo pela rua de alsfalto que saia em direção a praia. Corriamos feito loucos, com um sorriso no rosto pensando nas ondas que pegariamos, falavamos muitos palavrões, nossos corações ficavam acelerados, e a ultima coisa que queriamos era que o surf acabasse. Belos dias de infância.

Quem é Deus?

Você já passou horas se perguntano quem é que criou esse universo inteiro e tudo mais? Você já questionou sobre a existência dessa magnífica inteligência? Óbviamente é característica do ser humano, questionar, testar, querer provar, tirar conclusões dos fatos que envolvem não só seu dia a dia, mas todas as curiosidades que sua cabeça processa durante o dia. Um pensamento de um amigo me deixou refletindo durante horas: Deus não existe cara. Então vamos supor que a existência do mundo foi provocada pelo big-bang, teoria tão plausível quanto a teoria darwinista. Antes do big bang, o que existia? Quem criou os átomos, as moléculas, as células? QUEM PROVOCOU O BIG-BANG? Daonde vieram os seres inteligentes? daonde veio a inteligência. Agora diga-me, isso foi obra do "acaso"? ou de algum homem? Com certeza foi algo muito supremo que fez tudo isso. Ninguém aceita pois ninguém vê. Foi como Einstein disse, quando era pequeno ao seu professor "você sente o frio?" na verdade não existe frio, é ausência de calor. Você não vê o vento, ele apenas toca em você. Você não vê a eletrecidade, você vê apenas seus parelos eletrônicos funcionando. Você não vê Deus, porque Deus é a ausência do mal. Agora pare e pense se você é realmente uma pessoa boa.

uma hora e um minuto exato.

O que significa passar a noite em claro, apenas criando esperanças de tempos bons?
não sei o que significa, mas creio que seja algo bom. Comparado ao meu pessimismo de tempos atrás, esperança é uma palavra nova em meu vocabulário. Mas epserança de que? de quem? porque? Mais uma vez eu não sei, é apenas esperança de um sorriso sincero. Esperança de uma certeza que está escrita em meu céu. Mesmo não sendo tudo como era, eu sei que sentir as batidas de um coração de longe, é algo que só o amor consegue fazer comigo.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Exigências

Você conhece seus próprios valores? Você vale realmente o que acha que merece?

Duas perguntas que destruiram a calmaria em minha mente, enquanto eu esperava a água do chuveiro esfriar em minha cabeça. Porque diabos me sinto assim? não sei velho, é um bagulho sem explicação.
Momentos em que você deseja demais a atenção que você tem o suficiente. Você se dá mal, mas de qualquer forma quer se dar bem, você acaba mexendo um caldo de água quente com vários pedaços de angústia preparado pra servir num almoço de discussões e mals sentimentos. Aí você perde TODO O SEU VALOR, porque você quis que alguém te enxergasse mais do que você é. Jamais, por hipostese alguma, cobre algo que você não merece, ou que você já tem. Apenas faça por merecer.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

changes

não ache que sozinho você mudará o mundo. mas pode começar.
comece sorrindo para o maior numero de pessoas por dia, seja compreensivo, não reclame de sua vida, agradeça por seus familiares e amigos, agradeça por estar vivo, não julgue a primeira atitude, aprecie seu tempo, pense em coisas boas, faça coisas que você gosta, desenhe mais, escreva bastante sobre o que você sonha, coloque um som que te agrade, ligue seu videogame, desligue e vá brincar com seus amigos, dê 50 centavos pro mendigão (se ele for beber, você fez ele feliz pelo menos, afinal você bebe tbm que eu sei) chegue em casa e diga que ama seus pais, por mais que esteja magoado, ligue para seu melhor amigo/amiga e diga o quanto é divertido passar tempos rindo com eles, lembre de que existe alguém que te ama, e faça essa pessoa lembrar que você a ama também, converse mais, arrisque-se mais, ande mais, observe, estude mais ainda, corra atrás dos seus desejos, leia um livro e viva a sua história.


Faça pequenas coisas, mas faça TODOS VOCÊS que a mudança será grande (:

FUJA LOUCO



Fuja da destruição do mundo e salve sua espécie.
Muio legal esse joguinho, espero que gostem

(para jogar lique na imagem)



sentimentos matinais

E quando você acorda sozinho, sem ninguém mais pra segurar as mãos. você deseja saber de tudo que eu sei. De que lugar viemos? Para onde iremos? O que fomos? E o que seremos? Com as mãos na nuca, olhando para o teto vocÊ sempre se pergunta, se é o último dia de sua vida, ou se é apenas mais um dia massante e rotineiro. Sem esperança de boas notícias, sem esperanças de futuro, você agarra aquela antiga angústia de que tudo melhorará, mesmo você ficando apenas e braços cruzados olhando para o céu esperando o sinal de Deus. Renda-se as garras da sociedade e você terá o pagamento que todos desejaram um dia. Risadas e gargalhadas me fazem pensar o porque o homem cai na tentação de seu íntimo. Todo pagamento exige seu trabalho. Seu trabalho é ser ser cidadão escravo das leis corruptas e ordinárias. Você é só mais uma peça. Liberte-se deste mundo. Desprenda-se por um segundo e sua sede saciará de forma que você preferirá viver só mais um segundo no paraíso do que uma eternidade neste mundo caótico.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

tocando o céu



o que é preciso para tocar o céu? não sei ao certo, mas vejo que ele reflete todo aquele brilho que vem de sua alma. aos meus olhos esse brilho proporciona vida e saúde ao meu interior antigamente machucado.
fique aqui, seus sorrisos são essenciais para mim, sua presença é alimento. seu amor é paz e tranquilidade.

FOLLOW OR DIE.



HAHAHA, é bom dar ouvidos ao Eddie Brock. rs
siga-me no twitter @ultimocopo.
quiserem dar idéias para postagens passe por MSN, ou mande email para: victor.oliveira.schneider@gmail.com
Vou preparar mais postagens para esta tarde. Cuidem-se.

Moonlight




O sonho do homem realizado, a conquista daquela circunferência brilhante no céu, que tantos oferecem as suas amadas. Baby, eu te ofereço o céu e a lua. Poucos homens tiveram o prazer do visitar um lugar que mesmo sendo deserto e quieto, de tão longe faz as pessoas pensarem em seus sentimentos mais profundos. A Lua. Uma peça tão bonita em nossos olhares noturnos. Uma peça que eu jamais poderia esquecer de que foi ela quem eu olhei, depois de me despedir de você, naquele tal dia que ficou tão intensamente memorizado no meu coração.

buscando



O nosso lugar ao sol.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

virgula, ação.


Agora olhe bem em meus olhos ee tente decifrar o que estou sentindo. Não, não estou sentindo nojo, nem repugnancia, muito menos desprezo de alguém. Eu apenas estou cansado desse mundo cheio de regras, rótulos, "exemplos", e linhas. Siga seu caminho, seja você mesmo. Hoje as aparências condenam demais as pessoas. Mas não se preocupe, seu carater não é formado pelo que você veste. Mostre quem você realmente é. Faça com que tenham orgulho de você. Torne-se inesquecível, pelo menos para uma pessoa.

Fantásticos

Essas bandas são as que ultimamente estão me satisfazendo, e MUITO. Algumas eu descobri sozinho, outras por indicações, outras por eu odiar sem ter escutado, fui escutar e BUM. Todas as bandas tem um estilo muito próprio, todas elas tem suas diferenças.
Espero que vocês escutem e gostem d epelo menos algumas delas.


A Day To Remember


Blessthefall


Alexisonfire



Vanna 


Four Year Strong 


Bullet For My Valentine


Asking Alexandria 


As I Lay Dying




 Avenged Sevenfold



The Devil Wears Prada


Protest The Hero


Chiodos


Saosin


spidey no ultimocopo.

é sim spidey, você só disse que bom porque tem imagens suas aqui, rs.

se você estiver sob minha guarda,


posso estar numa numa nota de dólar?

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Ultimocopo em 2040.

é o último copo, rs

turn and disapear.

As vezes essa frase vem em minha cabeça, VIRE-SE e DESAPAREÇA. eu gosto dessa frase, porque me lembra a época em que eu tinha uma batalha contra os males dentor de mim. aconteciam coisas que não me faziam saudável, então eu levantava a voz e dizia, VIRE-SE E DESAPAREÇA. Pois é, com as peças ruins de nossas vidas, não podemos ter piedade e paciência. Devemos tratar com energia, determinação e soberania. VOCÊ é dono de sua vida, não deixe que qualquer deslize, qualquer sentimento nem qualquer pessoa te derrube. Seja forte e proteja o que é seu.

REAL PUNK ROCK.

domingo, 7 de novembro de 2010

Perspectivas de um domingo canceriano.


hoje foi um típico dia canceriano. Caseiro, família, pensando nos meus sentimentos concertando meu interior. Moldo-me as minhas necessidades, moldo-me pra não perder as pessoas, as coisas e tudo aquilo que me pertence. Hoje fiz muitas preces, não pedi nada, não pedi pra me ajudar em nada, não pedi perdão, não pedi pra concertar meus erros muito menos pra me livrar de algum mal. Apenas pedi a benção daqueles que me fazem bem. apenas isso, quero que todos ao meu redor, família, amizades, amor, conhecidos de cotidiano e conhecidos de vista. Pedi pra Deus que abençoe estas pessoas que fazem do meu mundo um lugar movimentado, com sentido, com desafios e com orgulho. 

nem tudo é o fim.

Antigamente um desespero me consumia. TUDO ESTÁ PERDIDO. essa frase era a primeira que eu pronunciava numa profunda amargura de tristeza e arrependimento. AGORA, eu sinto como se o poder de concertar as coisas está comigo. está em MINHAS mãos tornar aquele velho tormento em algo maravilhoso. Está na hora de eu agir e mostrar o quão importante são as quedas, para que vejamos que ainda podemos nos levantar, e podemos ser contentes e satisfeitos com nós mesmos.

palavras ao vento


Eu tive uma chance de mostrar como as coisas são fáceis. Como muitos, eu falhei, magoei, feri sentimentos e fiz com que um dia fosse mais um. As vezes eu penso que não está sendo suficiente, mas algo me consome momentos após dizendo exatamente como as coisas são. Infelizmente minhas palavras tinhas sido jogadas ao vento, e não haveria como reparar. Por favor, me dê mais UMA chance, de mostrar o quanto tudo que tens feito é o suficiente, o quanto aprendi com tudo isso, e o quando eu me arrependo de ter sido assim. Não sei se eu mereço tal chance, mas quem decide é você.

Enemy

Muitos querem ver seus inimigos caírem, talvez cansados, ou talvez mortos. Com certeza inimigos são pessoas que não agregam valor a sua vida, ou agregam. Se você tem inimigos você tem algum impulso ou motivo para poder ser melhor. Eu não quero ser melhor do que ninguém, muito menos ver meus inimigos mortos. A única prece que eu faço é para que meus inimigos caiam pelo arrependimento de terem atitudes maléficas e contraditórias as leis de uma boa vida. Abra os olhos e veja que não vale apena ter inimigos.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Dezembro 2008




Depoimento da ultima pessoa do mundo.

escrito por: A ultima pessoa no mundo.

Gostaria de deixar bem claro, que sou o ultimo ser humano vivo na Terra. No começo a idéia foi legal, pois eu vivia sozinho, era depressivo, e tinha sindrome de pânico. Eu odiava pessoas, odiava trabalhar e tudo mais. Uma manhã eu acordei com um velho dizendo na minha cara: Filho, você é a última pessoa aqui. faça o que quiser, já que você nunca amou ninguém na sua vida, além de seus bens materiais. Fui logo ver se era verdade, pois achei que estava drogado. Realmente, estou no décimo segundo dia vivo sem ninguém para compartilhar momentos, olhares, muito menos incomodo. Vivi os primeiros dias roubando carros, mercados, atirando com armas, brincando de roubar banco. Mas tudo aquilo foi tão fútil e efêmero. Eu nunca acreditei que existisse um Deus. se é assim que os crentes o chamam. mas enfim se existir, eu te peço com a humildade de quem não tem o que comer: por favor, me desça apenas UMA pessoa, de preferência mulher. Me arrependo de tudo que pensei em minha vida, de TUDO que eu disse contra você, e de TUDO que eu fiz contra as pessoas. Perdoe meu ódio, perdoe minha insensatez, meus delírios e minha escuridão. Deus, você está lendo? se estiver, mande apenas um sinal.


Ass: A ultima pessoa no mundo, implorando por algum sinal de esperança.






eu escrevi esse post, pensando como se fosse uma pessoa anti-social. e se os anti-sociais ficassem sozinhos, sem mais ninguém, humanos, animais. apenas o nascer e o por do sol num solitário mundo sem animação nenhuma. creio que a blasfêmia pararia, que a desgraça acabaria, e que o mundo se tornaria um lugar melhor de se viver. óbviamente se viessem pessoas após essa ultima. Comece a agradecer pela sua vida, existe gente que te ama cara. Existe gente que te inveja e te odeia sim, mas pense se eles te invejam é porque você se dá bem e tem muitas coisas, se eles dte odeiam, é porque não conseguem chegar nem aos seus pés. think about it.

Homem do céu.

A cada semana que passa me encontro com você novamente, te vejo por um caminho de luz, vindo e abençoando meus passos. Conversando comigo alivia minha tensão de ansiedade e problemas que só podem ser resolvidos por alguém como você. Te agradeço por tudo que tens feito por mim, te agradeço por acreditar em mim, me por na linha, e me fazer seguir meu caminho com tanta fé e persevreança. Família, amor, amigos, emprego, cotidiano, isso tudo tá se tornando cada vez mais tranquilo, cada vez melhor, cada vez mais vivido. Em nome de Jesus, nosso mestre, eu agradeço por toda a minha vida estar comigo.

Agente pode até

A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos.
A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro.
A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos...
TUDO BEM!
O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum...
é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos.
Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.


por: Chico Xavier.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Confissões de um apaixonado.

Não sei se apaixonado seria a palavra certa pra tudo isso. Dizem que paixão é um efeito passageiro, em que apenas há uma atração momentânea, mas logo passa. Então, o que será que sentimos? Aquele sentimento que se transforma na coisa mais perfeita e maravilhosa do mundo quando estamos juntos. Aquilo que dói no peito quando estamos longe um do outro. Aquele sentimento que nos pegamos sentindo ele, e damos uma risada dizendo: LOGO EU? que sempre achei legal ser errado. Sempre achei legal ser livre. Aquele sentimento que nos leva a fazer coisas loucas as vezes, se submetendo a correr na chuva, atravessar a cidade inteira mesmo depois de um dois dias acordado, ou até tirar leite de pedra para vende e ter um dinheiro para podermos fazer algo. Aquele sentimento que todos nós paramos e dizemos: Será que é amor? Não sei deixo rolar e seja o que o Camarada lá de cima queira. Eu já provei do amor, tive pouco tempo para conhecê-lo, portanto eu sei qual é o gosto, mas não pude desfrutá-lo por inteiro. Tive várias outras oportunidades, várias outras chances de demonstrar esse afeto e esse valor por esse sentimento tão puro, mas foram oportunidades que foram propositalmente disperdiçadas. MAS PORQUE? PORQUE DISPERDIÇÁ-LAS? Talvez nos precipitamos nas escolhas, escolhemos a pessoa errada, ou somos a pessoa errada para a outra. Deixei o tempo falar por mim, deixei ele trazer uma pessoa. Engraçado, porque era uma pessoa que eu bati o olho e me deu um calafrio, uma pergunta logo subiu em minha cabeça: Víctor? Olha, Olha, Olha, não vai dizer que você se interessou por essa pessoa?! Digo eu ao meu sub consciente: Mas é óbvio que sim. Porque? E meu sub consciente logo me diz: Tá na hora de te deixar experimentar muito mais do que é o amor. Eu mal pude perder esta oportunidade. Dias e dias encontrando "pelo acaso" uma pessoa que por entre olhares envergonhados foi me conquistando de uma forma tentadoramente envolvente. Tempo foi passando, saimos, nos encontramos, nos apaixonamos, e finalmente nos amamos. Sim, amamos. Momentos que ficam memorizados na alma, na identidade do meu eu. Momentos que vem todas as noites em minha frente para relembrar o quão importante é estar ao lado de quem você ama. Numa opinião generalizada dos fatos, digamos que foi cedo a decisão tomada, mas pessoalmente, eu não me arrependo, não acho que foi um erro, muito menos quero voltar atrás pra fazer diferente. Porque desperdiçar algo que é SEU? pra que deixar nas mãos do tempo algo que você pode decidir já: Namora comigo? Numa bela noite de inverno, um ar frio e gostoso consumia a noite numa praça iluminada por uma bela luz branca. Falavamos de amor, e de repente escapou: víctor, eu te amo. Eu fiquei sem saber o que dizer, fazer, responder, enfim, eu fiquei num estado paralisado de adrenalina e emoção constante, depois de um momento eu disse, eu também amo você helena. abraços, beijos e carinhos depois eu fui obrigado a dizer que queria ser seu namorado. QUERO, e por muito tempo quero que esse sentimento que envolve agente seja eterno enquanto durar. Eu sou muito crente na eternidade de um sentimento, mas depende da luta constante dos dois. Espero que essa harmonia que temos em nossos corações dure tempo suficiente para tornarmos duas pessoas completas no futuro, completas de verdade. Como estamos sendo. Bom, essas são minhas humildes palavras de quem tem orgulho de amar, e tem orgulho de ter uma namorada como você. Helena.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Zander.

Zander: Caminhando em constante [des]construção


 Cansado da ditadura e da censura e se precavendo do governo militar que estava à sua caça, lá no final dos anos 60, Chico Buarque se auto-exilou na Europa. O carioca deixou alguns registros na Itália, no idioma local, voltou ao Brasil e um de seus primeiros trabalhos foi “Construção” (1971) – onde estão a clássica “Deus Lhe Pague” e a faixa-homônima. Com a mesma intensidade destas canções nasce, em 2007 no Rio de Janeiro (RJ), o Zander.

O grupo é formado por Gabriel Arbex, Philippe Fargnoli, Leonardo Mitchell e Gabriel Zander, que foi agraciado pelos demais com a escolha de seu sobrenome para batizar o inédito projeto. Nele, os envolvidos se desprendem das amarras de suas bandas atuais e anteriores (como Noção de Nada, Dead Fish, Deluxe Trio e Heffer) para criar algo despojado e novo. Ok, isso poderia soar pretensioso demais, mas não é: “Em Construção”, lançado em SMD (Semi Metalic Disc) – uma mídia idêntica ao CD, porém com custo mais baixo, o que torna o preço final mais acessível – pela Ideal Records, está aí para provar isso.

Maturado por um ano, entre julho de 2007 e julho de 2008, o EP foi lapidado sem pressa ou alarde, com a banda tendo o cuidado para que o resultado final ficasse exatamente como queriam. Para isso, o estúdio Superfuzz, no Rio, foi a base onde tiveram idéias e as colocaram em prática sob produção dos próprios Arbex, Fargnoli e Zander, levando para Fernando Sanchez (baixista do CPM22, que já trabalhou com nomes como Hurtmold, Polara, Garage Fuzz e Ratos de Porão) masterizar no renomado El Rocha, em São Paulo (SP).

“Pólvora” é o estopim, literalmente, onde as guitarras logo remetem ao bom e velho hard rock, com direito a bateria marcante pedindo o uso de um cowbell, mas laconicamente negado (seria farofa demais?). O baixo chega pulsando e a explosão está detonada num misto de Van Halen e Guns N’ Roses, mas não sem transparecer a bagagem underground do quarteto. É onde mora o diferencial, o choque entre o lamento involuntariamente punk com a pegada puramente técnica.

É hora de a luz baixar para a chegada da faixa-título. Ela chega de mansinho, mezzo jazz, mezzo bossa, parece que dá pra ver Zander declarando sua escolha pela música como forma de ganhar a vida. Na hipotética visão ele tem um copo de uísque na mão, o lugar é enfumaçado e sujo, mas as poucas pessoas que lá estão prestam atenção em seu discurso sincero. Uns concordam com a cabeça, outros cochicham, cada um tem seu jeito… O som sobe, é intenso, cheio, e logo retorna ao andamento inicial; mas Zander não agüenta e, mal educado, ainda que com mais melodia que rancor, sem se conter exterioriza seus sentimentos (“não posso mostrar pra você como se constrói, como se destrói”).





O universo feminino, tão visitado e bem ilustrado pelo supracitado Chico Buarque ou ainda pelo punk argentino Fun People, caracteriza “Dezesseis”. Do improviso de um blues-rock à catarse post-harcore, estão agruras adolescentes e vários fantasmas que habitam este período. Monstrinhos, aliás, como os que ilustram o disco e que saíram da cabeça (e mãos) de Xilip – um jovem talento que anda expondo suas belas criações em sites, revistas e outras mídias.

Não dá para deixar de notar o tom escancaradamente pessoal das letras de Zander, que semelhante à arte de Xilip, transpassa beleza, candura, imperfeições e subjetividades. Como “Ar”, ditada pelo baixo e, sobretudo, pela ruptura com o banal. Koellreutter dizia que “não há nada mais planejado que uma improvisação”, e é este clima de desconstrução da estrutura da música que acontece aqui, se fazendo valer de peso, groove e noise – tal qual o Fugazi fez um dia.

O final do disco se aproxima e tudo vai ficando mais lúgubre, mas nada tão drástico. A breve “Battlefield” traz hesitações cotidianas e contagia pela melodia dinâmica, de fácil assimilação, e funciona como uma excelente introdução à veemente “Depois da Enchente”. A faixa seria uma resposta [in]direta à precedente enxurrada de súplicas presente em “Trilogia Suja de Copacabana” (2003). Sem açúcar, portanto mais amarga, ela é digerida lentamente, conforme manda seu andamento; mesmo sem refrão há um quase mantra desafogando os sentimentos mais íntimos.

A história da música é marcada por nomes que, independente do que fizeram, são tidos como gênios, loucos, incompreendidos, subversivos, importunos, mas que, enfim, fizeram a diferença e têm seu incontestável valor. Seja Jobim, Strummer, Gilberto, Biafra, Buarque, Ramone, Ben, Rose, Maia, Curtis, Carlos, MacKaye, Veloso, Cobain… E é por esse caminho, com sua constante [des]construção da música, que Zander segue; mas também Arbex, Fargnoli e/ou Mitchell…

 Fonte: http://www.lastfm.com.br/music/Zander/+wiki

•Site: http://www.zanderblues.com/


•Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=67116977

•Trama Virtual: http://www.tramavirtual.com.br/zander

•MySpace: http://www.myspace.com/zanderblues

•Fotolog: http://www.fotolog.com/zanderblues

•YouTube: http://www.youtube.com/zanderblues

•Twitter: http://www.twitter.com/zanderblues

•Facebook: http://www.facebook.com/home.php?#/pages/Zander/143796286720

Bristol, Inglaterra.


quem aqui não conhece o Banksy? Esse cara que "nunca" foi visto muito menos identificado pelas autoridades, é famoso por sua arte expressamente revolucionária, que em forma de stencils e graffitti mostra sua posição perante a lei e aos acontecimentos atuais.

Pode até ser uma forma errada de protesto, porém é a única que provoca impacto as pessoas. Ou você conhece todas as "ONG's" que querem revolucionar e tudo mais? Infelizmente, honestidade ´não é muito bem vista no mundo, mas com certeza a liberdade de expressão é válida, mesmo quando vandalizada, para expressar a indignação das pessoas com toda essa corrupção, "busca pela paz", e esse blablabla todo.


@ultimocopo

BlogBlogs.Com.Br

sorriso.

a melhor coisa que existe, demanha cedo é óbvio: acordar do lado de sua amada. mas enquanto isso não é muito conveniente ao contexto em que vivemos, uma das melhores coisas pra se receber de manha, logo depois de acordar, é um bom dia com um sorriso enorme.
geralmente eu pego o onibus da faculdade para vir trabalhar, pois o Campus Universitário é muito próximo do meu emprego. Então peguei o onibus, como todo mundo sabe, hoje é feriado (na verdade só amanha, mas muitos emendaram o feriado). Então o motorista falou: BOM DIA, VOCÊ É O ÚNICO HOJE. e soltou um sorriso. Sinceramente eu gostei muito de ter sido recepcionado com bom humor e um sorriso.
Certo dia eu li que pra você ser feliz, tem que sorrir pelo menos para 3 pessoas no seu dia. Você depois de fizer isso estará acostumado a sorrir e verá o quanto é fácil esquecer dos problemas (pelo menos por momentos grandes). Só não saia sorrindo pra todo mundo, pras garotas pega mal e pros garotos vão ser zoados pelas meninas >.< Enfim sorria, pra quem precisa, pra quem você ama, pra quem você gosta perto de você.

Like Oldschool hãn?!

think about it.