segunda-feira, 25 de outubro de 2010

por aí eu vou.

passo a passo eu vou cantando e tocando minha humilde guitarra imaginária.
vivo fazendo minhas músicas momentâneas para meus sentimentos. geralmente as musicas começar com um momento triste e terminar num sorriso tão intenso quanto o alívio de sua respiração. momentos vividos, não vividos. momentos eternos, momentos momentâneos. vou na minha fé de que tudo sairá tão bem quanto está. a ultima frase de minha música é sempre "eu amo você". de fato meu amor me torna mais forte, me torna mais vulnerável as vezes, mas me torna digno de ter um coração. desperdiçar ele com besteiras e ódio é pra quem é fraco e não aguenta a pressão do mundo em cima de você. meu coração foi feito pra viver, foi feito pra bater, foi feito pra me fazer mais forte a cada dia. e só ele que me faz acalmar quando penso em nossos encontros muito mais do que lindos e perfeitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário