quinta-feira, 28 de outubro de 2010

irmão.

eu nasci em 1991 na metade do ano. quando eu nasci meu irmão tinha 2 anos e 8 meses. ele olhava paraminha mãe e perguntava: Mãe, quando ele vai crescer pra brincar comigo? HAHAHA certamente, eu não cresci e ele odiou esse fato. pois só queria um companheiro pr abrincar, como fazia no jardim de infância.


 Ele disse: Mãe, devolve ele que eu não gostei u_u. Risos. Nós quando crianças queremos apenas divertimento e amizades. O tempo foi passando, nossos convívios eram diferentes, nossas idades próximas, porém o suficiente para mantermos uma diferença imensa de personalidade. Quando entramos no Ensino Médio, tudo foi mudando, dizem que na adolescencia a parte frontal do cérebro entra em faze de modificação, parte responsável pela foramçaõ de opiniões e decisões e afins. Mudamos nossas opiniões e nos tornamos mais amigos. Começamos a nos respeitar, e a conviver juntos. Irmão, o MEU irmão, não é qualquer irmão. Existe uma frase que diz "Um irmão pode não ser um amigo, mas um amigo sempr eé um irmão". Eu digo, que meu irmão é MUITO mais do que um amigo. Ele faz parte do que eu chamo de família, a única instituição que eu valorizo. Família, é família. Minha família está no meu coração, assim como as pessoas que fazem parte do meu convívio.  Enfim, eu e meu irmão passamos por muitos momentos juntos. Momentos de aflição, momentos de brigas, momentos felizes, momentos EXTREMAMENTE felizes, enrascadas, perigosos, momentos impactantes, TUDO. Meu irmão me ensinou a ler e escrever, meu irmão me ensinou a dar valor as pessoas próximas, meu irmão me ajudou a comprar meu videogame. meu irmãó me leva onde eu preciso, meu irmão me ajuda. As vezes me xinga e reclama, mas é porque faço algo de errado. Eu fico com raiva, mas me arrependo. Meu irmão tem seus defeitos também, mas com tudo, ele continua sendo meu irmão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário