sábado, 4 de setembro de 2010

visões.

num tempo onde não havia mais suplicas, nem preces destinadas ao Senhor teu Deus, os céus eram escurecidos pela ira do Pai. Cidades festejavam suas vitórias perante outras cidades. Governantes mantinham a tradição dos prazeres dos pecados mundanos. Sexo, bebidas, comemorações. Guerra, morte em nome de uma paz em que só homens desprovidos de coração possuem a ambição de encontrá-la. o Senhor dos Senhores precisa do amor de seus filhos para sobreviver, mesmo que isso custe a vida de muitos que não estão escritos no Livro da Vida. Porém nada está perdido. o Filho do Homem caminha no meio de nós, a presença divina de seus intelectos vagam pela Terra procurando aquele que dirá um basta. Aquele que será lembrado por refazer nossa aliança com o Senhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário