segunda-feira, 19 de julho de 2010

parece que,

quanto mais perto eu chego, mais difícil fica. parece que nada mais sacia minha fome e sede de viver, além de sua presença em mim. te querer, não é mais uma vontade, é um desejo imenso. e um desejo, é uma vontade em excesso. é uma vontade, que por mais que eu esteja com você, eu não consigo matar. porque tem que ser assim? a deixa pra lá. essa dificuldade toda que me dá mais coragem de ir em frente. mas confesso, que em meu sonho, além de mãos dadas com você, eu me despedi de você com um beijo. que por mais que fosse um sonho, eu paro na minha janela com minha caneca, e fico pensando em você, em seu beijo, e em seu abraço. adoro sentir eu coração batendo, e adoro sentir seus dedos esfregando minhas costas quando estamos abraçados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário