domingo, 27 de junho de 2010

Jane.

O Mesmo poder que eu tenho de amar, eu tenho de odiar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário